O Projeto de Recuperação de Matas Ciliares (PRMC) teve como objetivo central desenvolver instrumentos, metodologias e estratégias que viabilizem um programa de recuperação de matas ciliares de longo prazo, com abrangência estadual.

O Projeto foi concebido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e contou com doação de US$ 7,75 milhões do Global Environment Facility (GEF), implementada pelo Banco Mundial. Foi executado entre 2005 e 2011. 
 
Diretrizes
  • Microbacia como unidade de trabalho.
  • Ação conjunta com o Programa de Microbacias da CATI (Agricultura + Meio Ambiente) e Integração com outros projetos e programas, governamentais ou não.
  • Participação de várias unidades da SMA (CBRN, CEA, IF, FF, IBt, Cetesb) sem prejuízo das ações de fiscalização e controle.
Foi desenvolvido em diferentes linhas de atuação:
 
  • Apoio à restauração sustentável
  • Projetos Demonstrativos
  • Desenvolvimento de Políticas Públicas – PSA
  • Capacitação, educação ambiental e treinamento
  • Gestão, monitoramento e difusão
  •